Espaço para desvanecer a cada instante. Aqui se encontram textos, imagens e gráficos de vários autores. Sempre precisei colecionar o que eu chamo de figurinhas mágicas. São cartas que abrem novos horizontes e paisagens. Então, boa viagem ;)

sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

Alcançar as suas maiores aspirações - Stephen Covey

"[...] se você quiser alcançar as suas maiores aspirações e superar os seus maiores desafios, identifique e aplique o princípio ou lei natural que governa os resultados que você procura." Stephen Covey

sábado, 9 de janeiro de 2010

Atenção - Délia Steinberg Guzmán

“Atenção é uma forma de é uma forma de prolongar a vida. Quanto mais atenção, quanto maior a quantidade de ações válidas, mais a vida se prolonga dentro dos mesmos prazos de tempo, já que cada instante adquire uma dimensão especial”. Délia Steinberg Guzmán

Morro todos os dias…

Eu morro todos os dias e por isso que eu vivo. Nazareno

PARA UM ANO NOVO – 31/12/1995

Não tenho nada de novo a dizer

apenas a mesma dor de viver
e de ver a dor de tantos
e o desdém de outros.

apenas a mesma busca
desperta num poema qualquer
numa vontade de fazer uma poema sobre tudo

apenas as mesmas perguntas
sobre o quê que é
sobre o que é que vem
e o mesmo saque de deixar rolar
de viver pro que se tem

nada de novo

apenas o mesmo desdém à hipocrisia
às datas vazias
ao show da burguesia

apenas a prazer bobo
de saber que apesar de uns
amanhã será um dia de novo.

apenas a mesma alegria
de chuva grossa em tarde cinza
de sol na pele ao meio-dia
de olhar nuns olhos vivos
e de um louco prazer de viver
à revelia

nada mais a dizer

apenas que sempre haverá o que falar
e o que calar

apenas o mesmo amargo na boca
a mesma dor de estar aqui
o mesmo som na noite louca
e o velho dom de voar, voar por ai…

QUEA A VIDA LHE SEJA SEMPRE LEVE.

FELIZ 1996…

Renato Bahia

始まり

黒と白の石波が広がるベンチの足元。

一人座り聞こえる町の吐息。

車の音はやまぬ曇り日に過ぎゆく人たちは遠い存在。

回りの花木は微風で揺れ、淋しい僕を落ち着かせてくれる。

正しいか 分からなく歩んでいるこの道、いつしか素直に笑える時が来ると自分に言い聞かせる。

一人で暮らし始めるこの町、優しく僕を受け入れるだろうか。

考えつつ見つめている石波。

微風はほほをさすり通り過ぎる。

明日は晴れるだろうか。

土井勇輝 (03-1998)

hajimari

segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

Jamais desista de ser feliz, pois a vida é um espetáculo imperdível – Fernando Pessoa

Você pode ter defeitos, viver ansioso e ficar irritado algumas vezes, mas não se esqueça de que sua vida é a maior empresa do mundo. E você pode evitar que ela vá a falência. Há muitas pessoas que precisam, admiram e torcem por você. Gostaria que você sempre se lembrasse de que ser feliz não é ter um céu sem tempestade, caminhos sem acidentes, trabalhos sem fadigas, relacionamentos sem desilusões. Ser feliz é encontrar força no perdão, esperança nas batalhas, segurança no palco do medo, amor nos desencontros. Ser feliz não é apenas valorizar o sorriso, mas refletir sobre a tristeza. Não é apenas comemorar o sucesso, mas aprender lições nos fracassos. Não é apenas ter júbilo nos aplausos, mas encontrar alegria no anonimato. Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver, apesar de todos os desafios, incompreensões e períodos de crise. Ser feliz é deixar de ser vítima dos problemas e se tornar um autor da própria história. É atravessar desertos fora de si, mas ser capaz de encontrar um oásis no recôndito da sua alma. É agradecer a Deus a cada manhã pelo milagre da vida. Ser feliz é não ter medo dos próprios sentimentos. É saber falar de si mesmo. É ter coragem para ouvir um “não”. É ter segurança para receber uma crítica, mesmo que injusta. Ser feliz é deixar viver a criança livre, alegre e simples que mora dentro de cada um de nós. É ter maturidade para falar “eu errei”. É ter ousadia para dizer “me perdoe”. É ter sensibilidade para expressar “eu preciso de você”. É ter capacidade de dizer “eu te amo”. É ter humildade da receptividade. Desejo que a vida se torne um canteiro de oportunidades para você ser feliz…
E, quando você errar o caminho, recomece.
Pois assim você descobrirá que ser feliz não é ter uma vida perfeita. Mas usar as lágrimas para irrigar a tolerância. Usar as perdas para refinar a paciência. Usar as falhas para lapidar o prazer. Usar os obstáculos para abrir as janelas da inteligência.
Jamais desista de si mesmo.
Jamais desista das pessoas que você ama.
Jamais desista de ser feliz, pois a vida é um espetáculo imperdível, ainda que se apresentem dezenas de fatores a demonstrarem o contrário.

Pedras no caminho? Guardo todas... Um dia vou construir um castelo!

Fernando Pessoa

Seguidores

Archivo del blog