Espaço para desvanecer a cada instante. Aqui se encontram textos, imagens e gráficos de vários autores. Sempre precisei colecionar o que eu chamo de figurinhas mágicas. São cartas que abrem novos horizontes e paisagens. Então, boa viagem ;)

sábado, 28 de junho de 2008

MORTE - 2

Quando me refiro a morte, refiro à morte do meu orgulho e da certeza absoluta. O entendimento da insignificância de se apegar a algumas verdades que seriam somente minha.
As paisagens a serem vistas são ilimitadas nesta vida e o caminho do meu canto eu conheço, então preciso às vezes abdicar da minha janela para poder visitar os outros mundos.
Somente isto, sem levar em conta quem é o dono da verdade, pois certo dia eu compreendi que a vida é uma ilusão. Eu busco neste ponto a capacidade de renascer diariamente.
Yiuki Doi

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores

Archivo del blog