Espaço para desvanecer a cada instante. Aqui se encontram textos, imagens e gráficos de vários autores. Sempre precisei colecionar o que eu chamo de figurinhas mágicas. São cartas que abrem novos horizontes e paisagens. Então, boa viagem ;)

segunda-feira, 16 de junho de 2008

AMAR É A ÚNICA INOCÊNCIA - Alberto Caeiro

"Creio no mundo como num malmequer.
Porque o vejo
Mas não penso nele
Porque pensar é não compreender...
O Mundo não se fez pra pensarmos nele
(Pensar é estar doente dos olhos)
Mas para olharmos para ele e estarmos de acordo...

Eu não tenho filosofia: tenho sentidos...
Se falo da Natureza não é porque saiba o que ela é.
Mar porque a amo, e amo-a por isso
Por que quem ama nunca sabe o que ama
Nem sabe por que ama, nem o que é amar...
Amar é eterna inocência,
E a única inocência não pensar..."

Alberto Caeiro (Fernando Pessoa)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores

Archivo del blog